domingo, 29 de junho de 2014

Eles passarão... Eu passarinho !



Poeminho do Contra

Todos esses que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!
( Mario Quintana )


                   As últimas semanas foram corridas, e em tais momentos sempre surgem dúvidas, e situações onde é necessário tomar decisões. E por vários motivos me senti cansada... a falta de tempo, e até as dificuldades cotidianas,e situações impostas por outros me deixaram exausta.
                   Ontem resolvi fazer sementeiras,plantar sementes para o jardim e para minha hortinha, eu amo plantar,observar o crescimento e cuidar das plantas. Como moro em uma área nova, que é uma antiga fazenda de gado, não existem árvores na vizinhança ...e sem árvores não tem passarinhos cantando de manhã.
Eu já plantei ipê roxo na calçada, acerola,ameixeira no quintal. Em breve produzirão frutos para os passarinhos, e sombra. Plantei flores chamadas onze horas no quintal,elas crescem vigorosamente e produzem flores todos os dias.Já apareceram as borboletinhas...E fico na espera por passarinhos...
 Hoje resolvi não esperar mais...resolvi criar os meus...e o primeiro nasceu ! Me trouxe respostas,mas me deixou com a certeza que posso fazer outros, e bem melhores :-) Não é perfeito, fiz a costura a mão pois sei que farei vários outros até que me dê por satisfeita,assim esse se tornará como uma fênix...morrerá para renascer. E Mário Quintana o grande poeta, traduz meu sentimento para esses dias (e pessoas) ruins.

Eles passarão... Eu passarinho !